Mensagens

Mensagem em texto

CULPA, UMA BAGAGEM QUE NOS ATRAPALHA

Tema: ARREPENDIMENTO
Liberato Pereira
Igreja Presbiteriana do Brasil 915 Clique(s) 6 mensagens 20 Voto(s)

CULPA, UMA BAGAGEM QUE NOS ATRAPALHA


            Todos nós carregamos bagagens. Algumas são necessárias e importantes, outras podem tornar-se um peso e sobrecarga desnecessária, de modo que nos embaraçam e impedem de fazer aquilo deveríamos realizar. Lembro-me de como era difícil às viagens com a Cristina e os meninos, por causa das bagagens que tínhamos de levar. É assim que muitas vezes passamos pela vida. Que tipo de bagagem você está carregando?


            Pretendo abordar sobre uma bagagem que nos impede de desfrutar de uma vida plena, a culpa. Ela esfacela os nossos sonhos, destrói os nossos relacionamentos, produz tristeza e mágoa em nossos corações. Convido-o a olhar o que a Bíblia tem a nos dizer sobre ela, e como podemos realmente nos livrar dos seus malefícios.


            A culpa é um sentimento de vergonha por aquilo que fizemos de errado. Deus não deseja que a carreguemos, mas, sim, que a superemos por meio do sangue de Jesus Cristo. O apóstolo Paulo afirmou: “Vocês estavam mortos em suas transgressões e pecados, nos quais costumavam viver, quando seguiam a presente ordem deste mundo e o príncipe do poder do ar, o espírito que agora está atuando nos que vivem na desobediência. Anteriormente, todos nós também vivíamos entre eles, satisfazendo as vontades da nossa carne, seguindo os seus desejos e pensamentos. Como os outros, éramos por natureza merecedores da ira.” (Ef 2:1-3) A culpa dos nossos pecados nos faz espiritualmente mortos. As pessoas naturalmente veem os nossos pecados e nossos prazeres carnais, é por isso que vivemos com tanta culpa, porque sabemos que no fundo estamos fazendo aquilo que não honra a Deus. Então, se todos são culpados, não faz sentido que vivamos como se fôssemos culpados? Isto só ocorrerá se não for perdoado. Quando você se arrepende e confessa, recebe o perdão de Deus, não há mais necessidade de carregar a culpa.


            Nossa culpa foi tratada por Jesus Cristo na cruz do Calvário. A Palavra de Deus nos afirma: “Todavia, Deus, que é rico em misericórdia, pelo grande amor com que nos amou, deu-nos vida com Cristo, quando ainda estávamos mortos em transgressões  pela graça vocês são salvos. Deus nos ressuscitou com Cristo e com ele nos fez assentar nas regiões celestiais em Cristo Jesus,  para mostrar, nas eras que hão de vir, a incomparável riqueza de sua graça, demonstrada em sua bondade para conosco em Cristo Jesus.” (Ef 2:4-7) Deus, por causa de seu grande amor por nós, pagou o preço pelos nossos pecados com o sangue de Seu Filho, Jesus Cristo. Ele removeu o fardo dos nossos pecados gratuitamente, livrando-nos da culpa. Quando aceitamos o perdão de Deus, somos espiritualmente colocados no céu em Cristo. Já que estamos assentados nas regiões celestiais em Cristo, não precisamos viver na culpa do nosso pecado. No céu não há culpa. Quando descreve o nosso viver com Deus na eternidade, a Bíblia nos afirma que não haverá mais choro, lágrima, dor ou luto. “Ele enxugará dos seus olhos toda lágrima. Não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor, pois a antiga ordem já passou.” (Apc 21:3) Aqueles que são perdoados de seus pecados, por meio do sacrifício de Cristo, já podem desfrutar desta realidade em suas vidas agora, pela fé.


            Isto não significa que podemos simplesmente fazer o que quisermos, e não nos preocupar mais com o pecado. Deus nos chamou para viver com Ele, em santidade, evitando o pecado a todo custo. Paulo afirma: “Que diremos então? Continuaremos pecando para que a graça aumente? De maneira nenhuma! Nós, os que morremos para o pecado, como podemos continuar vivendo nele?” (Rm 6:1) O pecado deve ser uma exceção em nossas vidas, pois estamos mortos para ele e vivos em Cristo.


            A realidade é que aqueles que forem perdoados por Cristo estão livres do peso da culpa. “Pois ele nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para o Reino do seu Filho amado, em quem temos a redenção, a saber, o perdão dos pecados.” (Cl 1:13-14) Nosso perdão é um presente de Deus. Como ganhamos, não podemos perdê-lo, pois Deus nunca retira o seu perdão de nós. A culpa doentia nos sobrecarrega e nos impede de ser aquilo que Deus projetou para nós. Ela sempre será um ataque do nosso inimigo, que procura, em todo o tempo, acusar-nos. Porém sabemos que ele já foi derrotado: “Então ouvi uma forte voz dos céus que dizia: Agora veio a salvação, o poder e o Reino do nosso Deus, e a autoridade do seu Cristo, pois foi lançado fora o acusador dos nossos irmãos, que os acusa diante do nosso Deus, dia e noite.” (Apc 12:10) Não carregue tal bagagem, livre-se dela, arrependendo-se e confessando os seus pecados, aproprie-se do perdão e viva livremente, pois se o Filho os libertar, verdadeiramente serão livres.


       Rev. Liberato Pereira dos Santos


 


       https://vidacomsentidopleno.blogspot.com/


 

Compartilhar

Avaliação: 3.3/10 (4 votos)

Desenvolvido por